O Distrito Federal acaba de ser surpreendido (veja aqui) com a flexibilização das normas de isolamento social, em novo Decreto do governador Ibaneis Rocha. Justamente no momento em que o ministro da Saúde, Henrique Mandetta, e o corpo técnico do Ministério declaram reiteradamente a necessidade de rigidez no que diz respeito à permanência das pessoas em casa, Ibaneis recua e libera o funcionamento comercial de setores não essenciais.

Causa estranheza e preocupação o fato de o governador do Distrito Federal anunciar tais medidas após encontro com aliados de Bolsonaro que defendem o isolamento parcial: Onyx Lorenzoni, ministro da Cidadania, e Osmar Terra, deputado Federal cotado para assumir a titularidade do Ministério da Saúde. Conforme detalhado pela imprensa na tarde de hoje, os interlocutores de Bolsonaro pediram o apoio de Ibaneis para tensionar os demais governadores em prol do que chamam de “retomada da normalidade”.

Nós da oposição ao governo Ibaneis fomos os primeiros a elogiar o protagonismo do chefe do executivo, que adotou medidas rígidas de isolamento social de forma pioneira, servindo de exemplo para o resto do país. Agora, repudiamos o fato de a pressão bolsonarista se sobrepor à necessidade de cuidar da saúde da população e, sobretudo, dos profissionais de saúde que estão na linha de frente do enfrentamento dessa pandemia.

Apelamos ao bom senso de Ibaneis e pedimos que o governador reconsidere sua posição, revogando o Decreto publicado há pouco e mantendo o Distrito Federal como exemplo a ser seguido pelo resto do país. Caso contrário, adotaremos as medidas necessárias para assegurar o bem-estar da população do DF e dos profissionais de saúde que abdicam, muitas vezes, do auto cuidado em nome da coletividade.

Fábio Felix, deputado Distrital e presidente da Comissão de Direitos Humanos da CLDF

0 0 vote
Article Rating
2
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Conheça nossa Newsletter!

Inscreva-se para receber informações toda semana sobre o trabalho do mandato na Câmara Legislativa do DF.

Obrigado! Sua inscrição foi confirmada.