Segurança dos trabalhadores e necessidade de ponto de apoio nas RAs foram debatidas em reunião

Entregadores de aplicativos estiveram no Gabinete 24, nesta última terça-feira (11), para apresentarem suas demandas e abrirem o diálogo com a Câmara Legislativa. A categoria apresentou suas reais condições de trabalho, extremamente precarizadas, e discutiu o Projeto de Lei que cria os pontos de apoio aos entregadores. Representantes das Secretarias de Trabalho e de Mobilidade também participaram da reunião.

“Estamos empenhados em viabilizar os pontos de apoio rapidamente para os trabalhadores. Os relatos de precarização são muito graves, por isso é necessário que as empresas se responsabilizem e ofertem condições adequadas de trabalho para os entregadores”, defende o deputado Distrital Fábio Felix. De acordo com Projeto de Lei do parlamentar, cada região administrativa deverá ter uma estrutura com vestiário, espaço para descanso, estacionamento para bicicletas e motocicletas, entre outros itens.

Como encaminhamento, o secretário de Trabalho, Thales Mendes, se mostrou aberto a avanços no debate sobre a implantação dos pontos de apoio, sugerindo que há espaços do GDF que poderiam ser cedidos para este fim. A Secretaria de Mobilidade também declarou interesse em contribuir na condução do projeto e levantou a possibilidade de realização de pesquisa na temática. O secretário do Trabalho se comprometeu a encomendar à Codeplan um trabalho específico sobre os trabalhadores de aplicativo para que haja insumos na construção de políticas públicas para os trabalhadores.

Conheça nossa Newsletter!

Inscreva-se para receber informações toda semana sobre o trabalho do mandato na Câmara Legislativa do DF.

Obrigado! Sua inscrição foi confirmada.