Sala Maker foi viabilizada com emenda parlamentar do deputado Fábio Felix. Projeto desenvolvido no CEMI permite a confecção de material de proteção em impressora 3D.

A batalha contra o Coronavírus mobilizou docentes de uma escola pública do Gama. Equipe formada por quatro profissionais de diferentes áreas já começou a produzir equipamentos de proteção individual com a ajuda de três impressoras 3D. Todo o material confeccionado será doado a profissionais da saúde que estão na linha de frente do combate à Covid-19. A estimativa é que a primeira leva de produção das máscaras já seja doada na próxima sexta-feira (3) para o Hospital Regional do Gama.

A idealizadora do projeto, a professora Marília Pinheiro – que é mestra em bioética – contou que vários profissionais da saúde já estão procurando diretamente a escola para solicitar máscaras. “A escassez é grande e os próprios servidores solicitaram a nossa ajuda, por isso estamos aceitando doações de insumos para potencializar a confecção de máscaras”, conta. A prioridade é abastecer o hospital do Gama, pela localização próxima ao Entorno e expectativa de alta demanda. UPAs e Hospital de Santa Maria também serão atendidos pelo projeto, assim como dentistas que atendem na rede pública de saúde.

“Mais do que nunca, precisamos investir em iniciativas como a do CEMI, que trabalha na perspectiva de proteção dos profissionais de saúde. A inovação e a pesquisa vão nos ajudar a enfrentar o coronavírus com a segurança que o problema exige”, declara o deputado Distrital Fábio Felix. “O momento exige essa corrente de solidariedade e de proteção de todas as pessoas que estão atuando na ponta. Estamos muito felizes em fazer parte dessa corrente”, afirma a coordenadora do projeto.

A Sala Maker do CEMI-Gama foi inaugurada em 2019. O espaço conta com três impressoras 3D, ferramentas manuais, computadores e uma máquina de corte a laser. Foi construído a partir de uma emenda no valor de R$ 50 mil, destinada pelo deputado Distrital Fábio Felix (PSOL) em parceria com a Regional de Ensino do Gama. O parlamentar destinou mais R$ 40 mil reais para melhorias no laboratório e para a compra de insumos que viabilizarão a produção de mais máscaras. De acordo com Marília, os recursos vão possibilitar a produção de cerca de 200 máscaras por semana. O coletivo criou também uma vaquinha para doações online. Contribua!

Em tempos de Coronavírus, a preocupação com a segurança da equipe envolvida é prioridade. Marília explica que a tecnologia 3D permite que as máquinas trabalhem sozinhas, o que minimiza os riscos e diminuir a necessidade da presença humana e de aglomeração. O grupo é composto por um doutor em Física, um mestre em Segurança do Trabalho e um profissional de Biotecnologia, além da mestra em Bioética.

0 0 vote
Article Rating
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Conheça nossa Newsletter!

Inscreva-se para receber informações toda semana sobre o trabalho do mandato na Câmara Legislativa do DF.

Obrigado! Sua inscrição foi confirmada.