Ao longo do dia de hoje (14) nossa equipe debateu programas prioritários e principais desafios do mandato.

No primeiro dia de seminário político do mandato do Distrital Fábio Felix, a equipe contou com a análise conjuntural e programática de dois outros deputados do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL): Renato Roseno, Estadual pelo Ceará, e Fernanda Melchionna, deputada Federal da sigla, abordaram os principais desafios para o contraponto à agenda da extrema direita no Brasil. “No contexto em que as ideias da esquerda se tornaram tão impopulares, precisamos dialogar com a sociedade para apresentar nosso projeto de defesa da classe trabalhadora e em favor da justiça social”, destaca Roseno.

Fernanda Melchionna tratou do fortalecimento da luta das mulheres em oposição ao projeto do governo Bolsonaro e também enfatizou a necessidade de conectar a pauta dos Direitos Humanos a tantas outras “menos evidentes para a população”. Melchionna falou da necessidade de explicar que a temática é transversal. “As pessoas acham que Direitos Humanos servem apenas para proteger mulheres e população LGBT+, por exemplo, quando a pauta inclui mobilidade urbana, saúde, cultura, educação e segurança, entre outras”, esclarece.

Primeiro Distrital do PSOL, Fábio Felix fez questão de ressaltar as dificuldades que aguardam a equipe do Gabinete 24. “Nós temos uma narrativa a vencer: a de costumes anticivilizatórios, que criminalizam tudo o que é diferente daquilo que a extrema direita considera a norma”. Felix também abordou os desafios do mandato ao falar das expectativas que levaram as pessoas a votarem nele. “Nós representamos a esperança de milhares de pessoas que não concordam com essa agenda regressiva. Existe uma perspectiva muito grande em relação ao método e ao conteúdo que vamos apresentar para defender os trabalhadores e a diversidade no DF. Temos muito trabalho pela frente”, afirma.

Desafios em defesa do Distrito Federal

À tarde, os coordenadores Daniel Jacó e Giulia Tadini apresentaram os principais pontos de enfrentamento do mandato para balizar o planejamento estratégico de todas as equipes. A necessidade de acolhimento da população LGBT e Trans; o fortalecimento da rede de apoio e assistência social; a defesa dos professores e da liberdade em sala de aula; o direito cultural enquanto direito humano; segurança pública, sobretudo dos segmentos mais vulneráveis e soluções de mobilidade urbana foram elencados como assuntos prioritários para que os moradores do DF tenham mais qualidade de vida.

Chico Carneiro, economista e integrante do PSOL-DF, também participou do debate e fez uma leitura acerca dos desafios enfrentados pela bancada de esquerda nas últimas legislaturas da Câmara Legislativa do DF. Amanhã (15), o seminário segue com a apresentação do planejamento que cada uma das frentes preparou para o mandato em 2019.

Conheça nossa Newsletter!

Inscreva-se para receber informações toda semana sobre o trabalho do mandato na Câmara Legislativa do DF.

Obrigado! Sua inscrição foi confirmada.