Nesta quinta (09/05) a Câmara Legislativa do DF recebeu centenas de servidores do Metrô, Caesb, CEB, BRB e os mais diversos órgãos públicos, que lotaram a galeria do plenário durante uma Comissão Geral sobre as privatizações que o GDF tem anunciado a intenção de implementar.

Em ocasião da Comissão Geral contra as privatizações, o Deputado Distrital Fábio Felix (PSOL/DF) divulgou a seguinte carta:

Gostaria de reforçar o meu apoio à luta contra as privatizações e pela valorização dos servidores públicos do DF, e também manifesto meu integral apoio à greve dos metroviários. Durante as eleições, Ibaneis prometeu valorizar os servidores do GDF e manter as empresas públicas (saiba mais aqui), mas a realidade atual é a afirmação de que o GDF não vai conceder nenhum aumento aos servidores em 2019. E o governador, por meio de PPP’s, quer vender o patrimônio do DF.

A lógica dos governos é precarizar os serviços para depois dizer que só com privatização que as coisas melhoram. Mas isso é mentira. Desde 2000, ao menos 884 serviços foram reestatizados no mundo. A conta é do TNI (Transnational Institute), centro de estudos em democracia e sustentabilidade sediado na Holanda. As reestatizações aconteceram com destaque em países centrais do capitalismo, como EUA e Alemanha. Isso ocorreu porque as empresas privadas priorizavam o lucro e os serviços estavam caros e ruins, segundo o TNI. O TNI levantou dados entre 2000 e 2017. Foram registrados casos de serviços públicos essenciais que vão desde fornecimento de água e energia e coleta de lixo até programas habitacionais e funerárias.

Nosso compromisso é irrestrito com a luta em defesa das estatais, da valorização dos serviços públicos, das políticas públicas.

Contem com nosso mandato nesse combate!
Um abraço.

Dizemos não às privatizações!

Conheça nossa Newsletter!

Inscreva-se para receber informações toda semana sobre o trabalho do mandato na Câmara Legislativa do DF.

Obrigado! Sua inscrição foi confirmada.