– cabide de emprego
+ concurso público!

O Governador Ibaneis enviou recentemente à Câmara Legislativa do DF um projeto de emenda à Lei Orgânica do DF (PELO 19/2019) que propõe alterar um item importantíssimo da Lei: a garantia de que pelo menos 50% dos cargos em comissão sejam preenchidos por servidores de carreira (nos casos e condições previstos em lei). Em outras palavras, o GDF quer diminuir o número de concursados em cargos comissionados!

A situação é ainda mais absurda porque vem de um governador eleito justamente com o discurso de que iria valorizar o servidor público e acabar com os “cabides de emprego”.

Cargos comissionados também são importantes, mas defender que servidores concursados estejam em áreas do governo é lutar para que a integridade e continuidade de políticas sejam permanentes nas estratégias governamentais. Hoje, uma das maiores dificuldades é assegurar que projetos que garantam direitos fundamentais sejam de Estado e não apenas de governo. Servidores são elos fiscalizadores do governo, qualquer alteração neste sentido revela seu caráter.

– cabide de emprego
+ concurso público!

1241 pessoas já assinaram o abaixo assinado. Ajude a chegar a 2.000 assinaturas!


  • This field is for validation purposes and should be left unchanged.

O Governador Ibaneis enviou recentemente à Câmara Legislativa do DF um projeto de emenda à Lei Orgânica do DF (PELO 19/2019) que propõe alterar um item importantíssimo da Lei: a garantia de que pelo menos 50% dos cargos em comissão sejam preenchidos por servidores de carreira (nos casos e condições previstos em lei). Em outras palavras, o GDF quer diminuir o número de concursados em cargos comissionados!

A situação é ainda mais absurda porque vem de um governador eleito justamente com o discurso de que iria valorizar o servidor público e acabar com os “cabides de emprego”.

Cargos comissionados também são importantes, mas defender que servidores concursados estejam em áreas do governo é lutar para que a integridade e continuidade de políticas sejam permanentes nas estratégias governamentais. Hoje, uma das maiores dificuldades é assegurar que projetos que garantam direitos fundamentais sejam de Estado e não apenas de governo. Servidores são elos fiscalizadores do governo, qualquer alteração neste sentido revela seu caráter.

Conheça nossa Newsletter!

Inscreva-se para receber informações toda semana sobre o trabalho do mandato na Câmara Legislativa do DF.

Obrigado! Sua inscrição foi confirmada.