A destruição da Amazônia promovida por Bolsonaro não é mera incompetência, mas um nefasto projeto de poder. Apenas no último mês de junho, a quantidade de focos de queimada registrados no maior bioma brasileiro já é maior do que o número contabilizado nos últimos treze anos. 

Não é por acaso que o crescimento da destruição do meio ambiente acontece durante a pandemia do coronavírus, quando a capacidade de fiscalização, que já vinha sendo desmontada, se torna ainda mais difícil diante da necessidade de manter o distanciamento social. 

O descaso do governo federal, aliado das medidas implementadas pelo ministro Ricardo Salles para empoderar os grileiros e os invasores de terra, estão acabando com o marco legal de proteção ao meio-ambiente e à vida da população originária, que tenta sobreviver diante de tamanha vulnerabilidade e ameaças aos seus territórios. 

Atualmente, os indígenas são a população mais afetada pela COVID-19. Já são mais de 121 povos atingidos pela pandemia, totalizando mais de 10,3 mil casos confirmados e 412 óbitos segundo os dados divulgados pela Articulação dos Povos Indígenas do Brasil nesta quinta-feira, dia 2.

O PSOL, em conjunto com a APIB e outros partidos de oposição, acionou o STF para que o governo Bolsonaro adote medidas urgentes para proteger principalmente os povos isolados e impeça um genocídio dessa população.

A imagem internacional de Bolsonaro em relação ao meio ambiente é a pior possível. Enquanto o presidente tenta (em vão) convencer o mundo que as notícias negativas são fruto de desinformação disseminadas por inimigos invisíveis, Ricardo Salles, o ex-integrante do partido Novo, vê seu cargo ameaçado diante da fuga de investimento estrangeiro no país.  

Não podemos admitir que esse governo genocida tratore o Meio Ambiente enquanto centenas de brasileiros estão morrendo todos os dias. Se nada for feito para mudar essa situação, nosso futuro será destruído pelas mãos de um ministro que é muito mais devastador do que a tal nuvem de gafanhotos.

Conheça nossa Newsletter!

Inscreva-se para receber informações toda semana sobre o trabalho do mandato na Câmara Legislativa do DF.

Obrigado! Sua inscrição foi confirmada.