Os deputados Distritais Fábio Felix e Max Maciel, ambos do PSOL-DF, encaminharam solicitação para que o Corpo de Bombeiros investigue o incêndio que atingiu vagão do metrô na tarde de hoje (12/1), em Águas Claras.

Com base na Lei Federal No 8.255/1991, os distritais pedem que seja realizada perícia, a fim de esclarecer as causas do incêndio, com a finalidade de prevenir novas ocorrências e de apurar responsabilidades e omissões que levaram ao incêndio.

“O sucateamento do metrô coloca a vida da população e dos trabalhadores em risco. Foi uma sorte muito grande o vagão estar vazio. Temos alertado reiteradamente para a precarização do serviço, com trens velhos e sem manutenção. É urgente apurar se não houve negligência, imperícia e outros erros”, destaca Fábio Felix.

Já o distrital Max Maciel, presidente da Comissão de Transporte e Mobilidade Urbana da CLDF, alega que as irregularidades do Metrô/DF já foram denunciadas pelo colegiado ao longo de 2023. “Enviamos representações ao MPDFT e o TCDF para que os órgãos investigassem a ineficiência na prestação do serviço público de transporte no Distrito Federal. Apontamos os problemas relacionados à manutenção da rede metroviária e as frequentes interrupções do serviço”, explica o deputado.

Confira abaixo o documento na íntegra.

SEI_1509875_Oficio_8-1