Foto: Carlos Gandra/CLDF

Foi votado nesta terça-feira (4), no Plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal, o Projeto de Lei nº 237/2023 do Executivo que garante a recomposição salarial para os servidores, dividida em três parcelas.

A proposta foi aprovada por todos os parlamentares presentes, mas a emenda nº1, de autoria do deputado Fábio Felix, que previa o parcelamento em apenas duas parcelas, não foi aceita. “Agora vamos propor que os secretários e o governador deem o exemplo, recebendo os salários também de forma parcelada. Se os servidores podem ter os salários parcelados, por que o governador vai receber integralmente?”, provocou o parlamentar.

Fábio completou fazendo um apelo ao Governo do Distrito Federal e às lideranças do governo. “Proponho que a gente abra o diálogo para negociação e agora me dirijo às categorias que aqui estão hoje: se o governo não dialogar, nós vamos ocupar a praça do Buriti para o governo ouvir a nossa voz. Porque tá muito claro que o Ibaneis não vai reestruturar as carreiras sem luta”, enfatizou.