A Comissão de Direitos Humanos da Câmara Legislativa do DF está disponibilizando canais de atendimento para manifestantes pró-Lula que sofram ameaças durante ato hoje (12) em Brasília. A decisão foi tomada após os últimos episódios de violência contra apoiadores do ex-presidente.

“Não podemos achar normal a violência política que impede as pessoas de exercerem seus direitos políticos e de opinião. Por isso, abriremos a nossa central para colher essas denúncias e exigir que as autoridades garantam a segurança dos participantes do encontro com Lula hoje”, declara Fábio Felix, presidente da CDH.

Se for vítima ou tomar conhecimento de alguma ameaça e/ou violência durante a passagem de Lula hoje por Brasília, entre em contato com a Comissão de Direitos Humanos pelo WhatsApp (61) 99904-1681 ou pelo e-mail [email protected]