Abrimos as portas do legislativo para as LGBTIs

Em 2 anos e meio de mandato, conquistas importantes foram materializadas com muita luta! Vem conferir a cidadania LGBTI+ ganhando força.

23 jun 2021, 13:38 Tempo de leitura: 1 minuto, 21 segundos
Abrimos as portas do legislativo para as LGBTIs

Em 2 anos e meio de mandato, conquistas importantes foram materializadas com muita luta! Desde a nossa chegada à Câmara Legislativa, pautas que atacam nossa existência não prosperaram e direitos importantes viraram lei. Vem conferir a cidadania LGBTI+ ganhando força:

Criamos a Frente Parlamentar LGBTI+, espaço de discussão e criação de políticas públicas que garantam nossa integridade e direitos. Esse passo importante significa que o legislativo do DF não pode mais ignorar as nossas pautas!

O uso do nome social em concursos públicos também já é lei. Chega de constrangimentos e de barreiras para o acesso aos processos seletivos. Também obrigamos o GDF a criar campanhas preventivas ao suicídio de LGBTIs. Sabemos o quanto os ataques à nossa dignidade afetam a saúde mental. Por isso precisamos debater com seriedade esse tema.

Pessoas trans também tiveram o seu direito à memória garantido! Atestados de óbito, lápides e cerimônias fúnebres devem estar em conformidade à identidade de gênero. Quem acompanhou a luta da Alessandra Jugnet, mãe da jovem Vick, sabe o quanto é dolorosa a batalha judicial para assegurar que a documentação pós-morte respeite a identidade de transexuais e travestis.

Nossa batalha segue para garantir reserva da política habitacional – Como o Morar Bem do GDF – para LGBTIs expulsas de casa ou em situação de rua. Também estamos lutando para aprovar cota para que pessoas trans possam trabalhar e não tenham a prostituição como único caminho possível.

Vamos apresentar novos projetos importantes neste Mês do Orgulho. Acompanhem nossas lutas!