Distrital pede não realização da Copa América em Brasília

31 maio 2021, 18:58 Tempo de leitura: 1 minuto, 15 segundos
Distrital pede não realização da Copa América em Brasília

Em ofício endereçado ao governador Ibaneis Rocha, deputado Fábio Felix alega que a capital vacinou apenas 10% da população e não dispõe de leitos

Com mais de 8.600 óbitos, taxa de ocupação de leitos de UTI acima de 90% e apenas 10,44% da população imunizada, o governador anunciou à imprensa que não há impedimento por parte do GDF para sediar a Copa América em junho. Com o objetivo de impedir um colapso sanitário, o deputado Distrital Fábio Felix (PSOL) encaminhou ofício a Ibaneis Rocha (MDB) pedindo que, assim como outros estados já o fizeram, que o DF negue sediar a competição.

Argentina e Colômbia recusaram receber o evento, assim como alguns estados brasileiros. Pernambuco, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul já disseram não. No documento encaminhado ao Buriti, Fábio Felix questiona, ainda, se foram realizados estudos ou pareceres técnicos que sustentem a segurança da realização de uma competição desse porte no DF.

“É absurda a notícia de que o governo federal aceitou trazer um evento do porte da Copa América ao Brasil! Estamos enfrentando uma situação em que a imunização não avança, os cientistas preveem inclusive uma terceira onda de contaminações. Assim como gestores de outros estados, Ibaneis tem que negar o DF enquanto sede da competição. A negativa é fundamental para evitar um colapso sanitário”, destaca Fábio Felix.

Veja a íntegra do ofício:

Oficio-GDF-Conmebol