'

O “lockdown” fake do governador Ibaneis

26 fev 2021, 12:35 Tempo de leitura: 2 minutos, 8 segundos
O “lockdown” fake do governador Ibaneis

Ontem à noite o governador ibaneis Rocha anunciou que decretaria um “lockdown” no Distrito Federal. Lockdown é uma expressão utilizada para um fechamento completo das atividades, exceto aquelas que são extremamente essenciais. A restrição de horário para funcionamento comercial proposta pelo GDF, que está prevista para acontecer entre 20h e 5h a partir da próxima segunda, passa muito longe de um lockdown de verdade.

A maioria dos governadores estão banalizando a palavra lockdown como estratégia de marketing para, no futuro, dizerem que tomaram as providências necessárias quando a tragédia se consolidar. O que vai acontecer aqui no DF com o decreto do governador não pode ser considerado nem um toque de recolher porque não haverá proibição dos cidadãos circularem nas ruas.

Infelizmente estamos vivendo o colapso mais grave no sistema de saúde desde o início da pandemia no mundo e muitos estudos indicam que a contaminação da Covid-19 se torna maior nas aglomerações de lazer e entretenimento, causada pelo maior contato entre as pessoas. A restrição de horário para funcionamento noturno de setores do comércio faz sentido para ajudar a diminuir a taxa de ocupação de leitos de UTI, mas a medida também deveria vir acompanhada de apoio financeiro aos trabalhadores e empregadores. Aprovamos na CLDF a prorrogação do programa “Renda Mínima Temporária”, um benefício de R$ 408 reais para as famílias do DF que estão em situação de vulnerabilidade.

A maior solução para controlarmos a pandemia, aliada às medidas de distanciamento social, é a vacinação em massa de toda a população, mas o governador Ibaneis continua bajulando e sendo cúmplice da política genocida de Bolsonaro mesmo o STF autorizando que os Estados e o DF comprem as doses de forma direta. O presidente genocida abriu mão de comprar as vacinas necessárias e colocar o Brasil na posição de destaque e liderança que sempre tivemos quando falamos em estratégia eficaz de vacinação através do SUS.

Continuaremos atuantes na Comissão da Vacina e fiscalizando o processo de vacinação no DF. Se você tiver qualquer denúncia sobre o agendamento ou qualquer outro tipo de problema relacionado à imunização, entre em contato conosco através da nossa central. Apesar de todas as dificuldades que enfrentamos nesses tempos duros, seguiremos lutando para que haja melhoria nas condições de atendimento à população e para que todas e todos sejam vacinados.