Mandato cria três casas de acolhimento LGBTI+

O Deputado Distrital Fábio Felix (PSOL), primeiro parlamentar orgulhosamente gay eleito no DF, estabeleceu parceria com o Instituto Ipês e com a Secretaria de Desenvolvimento Social do Distrito Federal para iniciar a criação de repúblicas de acolhimento LGBTI+. O Termo de Fomento foi assinado na última semana, possibilitando o atendimento de 20 pessoas nas repúblicas. […]

3 fev 2021, 15:58 Tempo de leitura: 1 minuto, 40 segundos
Mandato cria três casas de acolhimento LGBTI+

O Deputado Distrital Fábio Felix (PSOL), primeiro parlamentar orgulhosamente gay eleito no DF, estabeleceu parceria com o Instituto Ipês e com a Secretaria de Desenvolvimento Social do Distrito Federal para iniciar a criação de repúblicas de acolhimento LGBTI+. O Termo de Fomento foi assinado na última semana, possibilitando o atendimento de 20 pessoas nas repúblicas. O serviço será implementando em três Regiões Administrativas.

A medida busca criar soluções públicas para o preconceito intrafamiliar, principal fator de expulsão de LGBTIs. “A maioria das pessoas LGBTIs sofrem violência dentro de suas próprias casas, vivem em situação de rua, sem qualquer amparo do Estado e com todas as oportunidades negadas por lutarem pela sua identidade”, explica o deputado. A LGBTIfobia se estabelece num ciclo de vulnerabilização atingindo diretamente pessoas pobres, negras e com baixa escolaridade. Restringindo o acesso à educação, trabalho e renda.

A  gestão e criação de Repúblicas serão feitas pelo Instituto Ipês, encaminhando pessoas que já estão em sendo atendidas por órgãos do Governo do Distrito Federal. Os R$500 mil reais que estão sendo utilizados para o custeio do aluguel e contratação de profissionais foram destinados por emendas parlamentares do Gabinete 24. No momento, o mandato se empenha para que mais recursos sejam liberados.

Como colaborar?

O Instituto Ipês iniciou campanha para que seja feita a compra de camas, fogões, geladeiras, armários, cadeiras, roupas de cama, utensílios de cozinha, ventiladores, telefone, materiais de limpeza, entre outros. A prestação de conta será realizada na página de transparência do Instituto Ipês.

A doação também poder ser móveis ou utensílios usados. Para fazer este tipo de contribuição é necessário enviar email para ipes.instituto@gmail.com.  O financiamento também poderá ser feito por iniciativa do Instituto, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social ou instituições privadas.